AUIN

Logo AUIN V1
   

Ações de Empreendedorismo Social

ENACTUS: conceito e diferenciais da iniciativa na Unesp

Várias iniciativas de Empreendedorismo Social presentes na Unesp estão organizadas enquanto times da Enactus.

A Enactus  - http://www.enactus.org.br - é uma organização internacional sem fins lucrativos que visa inspirar universitários de todo o mundo a utilizarem a Ação Empreendedora para estruturarem projetos de desenvolvimento comunitário que estejam ancorados nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU e que transformem vidas, tanto dos alunos envolvidos com a iniciativa, que se tornam líderes do futuro, quanto das pessoas beneficiadas por esses projetos.

A palavra “ENACTUS” nasceu da junção entre:

  • ENTrepreneurial  (Empreendedorismo) – pilar para estimular os universitários a enxergarem em um problema uma oportunidade para criar valor e realizar processos de mudança;
  • ACTion (ação) – pilar que ressalta o comprometimento de agir a fim de solucionar os desafios encontrados nas comunidades, contando, para isso, com o apoio de acadêmicos e profissionais de mercado;
  • US (nós) – pilar que destaca a importância da união entre pessoas que sentem que são parte de um todo maior e que estão conectadas por uma razão importante.

Em todas as suas atividades, a Instituição preza por quatro valores: Integridade, Paixão, Inovação e Colaboração.

 

Apresentação da Instituição Mundial ENACTUS. 
 

 

Só no Brasil, existem 120 times, mais de 2800 estudantes e 240 projetos , que já resultaram em mais de 350 mil horas voluntariadas e mais de 20 mil pessoas impactadas.

Na Unesp, temos a presença da Instituição em 9 campus: Araraquara, Assis, Bauru, Botucatu, Franca, São José do Rio Preto, Sorocaba, Guaratinguetá e Tupã.

Cada um desses times é de fundamental importância para a Universidade e para a sociedade, gerando inúmeros benefícios como:

  • Estímulo aos conhecimentos e habilidades de liderança, comunicação, trabalho em equipe, resiliência, planejamento, empreendedorismo e gestão entre os jovens universitários, que são desafiados a ir além do que eles vivenciam na sala de aula e a coordenar projetos sociais que impactem vidas e tragam resultados positivos;
  • Estímulo ao senso de humanidade, empatia, equidade e sustentabilidade dos estudantes, que entram em contato com as comunidades locais e, a partir disso, ensinam, aprendem, falam, ouvem, compartilham e recebem experiências valiosas, construindo visões de mundo mais éticas e inclusivas;
  • Aproveitamento da estrutura multicampi da Unesp para alcançar uma alta capilaridade, visibilidade e replicabilidade dos projetos, integrando um grande número de comunidades em situação de vulnerabilidade socioeconômica, que podem se beneficiar dos conhecimentos científicos, das inovações e tecnologias desenvolvidas pelos pesquisadores da Unesp, e da disposição para o voluntariado de estudantes, professores e profissionais de mercado;
  • Alinhamento da preocupação dos projetos com as comunidades que necessitam de apoio à própria função social da Unesp enquanto Universidade Pública, considerando especialmente a política de acolhimento e inclusão da Instituição a alunos em situação de vulnerabilidade como negros, pardos, indígenas e estudantes vindos de Escolas Públicas.
  • Potencialização de soluções de impacto junto às comunidades de forma alinhada aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU, de forma que a Unesp se insira como protagonista na busca pela Agenda 2030 a fim de minimizar problemas como excesso de violência, educação precária, falta de saneamento básico, poluição, entre outros. 

 

Saiba mais sobre essas iniciativas, inspire-se e envolva-se com esse movimento que fomenta projetos socialmente justos, economicamente viáveis e ambientalmente corretos!