Array

UNESP
AUIN | Agência Unesp de Inovação
   

Tecnologia

FIBRA DE COCO VERDE COMO SUPORTE SÓLIDO PARA ENZIMAS

Carimbo Unesp

Alternativa Natural

Baixo Custo

Diversos
Alimentos
PROBLEMA

As enzimas imobilizadas são pouco utilizadas devido a problemas como a percentagem de enzima que permanece ativa após o processo de imobilização, sua meia vida operacional e seu alto custo de obtenção e aplicação. A procura por materiais suporte eficientes e de baixo custo é um ponto importante para viabilizar a aplicação industrial de enzimas imobilizadas. Diante disso, essa nova tecnologia associa a fibra de coco verde, um potencial poluente e de baixo valor agregado, para produção de um suporte sólido eficiente e com alto valor agregado.

SOLUÇÃO

As enzimas imobilizadas em fibra de coco verde apresentam aumento de sua estabilidade térmica, dificultando a alteração de sua estrutura e propiciando seu uso como biocatalizador em determinados processos industriais. Apresentam-se também com um excelente fator de reuso e alta resistência mecânica, acarretando assim em uma economia significativa no custo global do processo.


Ideia

Laboratório

Protótipo

Escalonamento

Mercado
Código da Agência
15AUIN021
Patente
BR102015020148-6

Agência Unesp de Inovação

Tel: +55 11 5627.0696

auin@unesp.br

https://auin.unesp.br

Data de depósito
21/08/2015
Inventor(es)

Thaís Milena De Souza Bezerra

Juliana Cristina Bassan

Rubens Monti

FAPESP
EDITAIS ABERTOS
Editais abertos e histórico de chamamentos públicos
[PodInovar] Com apoio da Fapesp e Natura, projeto de inovação tecnológica da Unesp analisou planta leguminosa do cerrado
REPOSITÓRIO INSTITUCIONAL

Acesse aqui os registros de patentes da UNESP

ALUMNI

Portal do ex-aluno

Facebook AUIN Unesp Youtube AUIN Unesp Instagram AUIN Unesp