Array

UNESP
AUIN | Agência Unesp de Inovação
   

NOTÍCIA

Unesp Conecta amplia oportunidades de Inovação e Empreendedorismo

15/04/2019
Iniciativa reuniu estudantes, professores e empresários de várias áreas

 Nos dias 02 e 03 de abril o Instituto de Biociências da Unesp, campus de Botucatu, sediou o evento Unesp Conecta, uma iniciativa que reuniu estudantes, professores, empresários e especialistas de diferentes áreas para realizar discussões sobre Inovação, Empreendedorismo e Tecnologia.

 

02 de abril – Encontro da Rede Unesp de Inovação e Empreendedorismo 

 

 

O primeiro dia do evento, no período da tarde, contou com uma reunião exclusiva para gestores de Incubadoras, Pré-Incubadoras, Escritórios e espaços maker da Unesp, com o objetivo de articular esses responsáveis na construção de uma Rede de Inovação e Empreendedorismo da Universidade.

 Na ocasião, estiveram presentes representantes de Ambientes de Inovação localizados nos campus de Araçatuba (Inova.ata); Assis (EEI); Bauru (CITeb; Interlabs); Botucatu (CEVAP; ESPIE; IBIT; INETEC; NETI); Dracena (nome ainda a definir); Ilha Solteira (FEISTEC); Jaboticabal (Inova Jab; Aquário de Ideias); Marília (CERPII); e Registro (Aquário de Ideias). 

 Os participantes discutiram sobre conceitos e perspectivas ligadas ao Empreendedorismo, à Inovação e à viabilização de startups e spin-offs na Universidade, além de estudarem características que envolvem a construção de uma rede, fortalecendo os seguintes objetivos da iniciativa: 

- Ampliar a troca, a difusão de informações e o fortalecimento dos agentes da iniciativa;

- Ampliar a visibilidade e viabilizar financiamentos por meio de projetos e recursos externos;

- Explorar a diversidade de expertises da Unesp em cada campus;

- Fortalecer as áreas de Pesquisa, Graduação e Pós-Graduação, aumentando a empregabilidade e a relevância dos egressos da Unesp no mercado; 

- Gerar spin-offs e startups que retroalimentem o sistema com recursos humanos e financeiros;

- Estimular novos instrumentos legais na Unesp conectados com o Marco Legal da Ciência, Tecnologia e Inovação.

 A próxima reunião da Rede deve ser realizada no segundo semestre, em data a definir, e os interessados em saber mais sobre a iniciativa ou indicar um Ambiente de Inovação para participar da proposta podem enviar um e-mail para tainah.veras@unesp.br 

 

 

03 de abril – Conexão entre Universidade e Empresas

 

 

No segundo dia do Unesp Conecta, o auditório do Instituto de Biociências teve uma programação especial de workshops, palestras, roda de conversa e momentos de networking. A iniciativa foi promovida pelo IBB Júnior (Empresa Júnior do Instituto de Biociências de Botucatu) e pelo IBIT (Escritório de Inovação e Tecnologia do IB), com a parceria da AUIN e da Ejenutri (Empresa Júnior de Nutrição), e o patrocínio do Santander Universidades e do Shopping Botucatu.

 Logo no início da manhã, Edu Costa, fundador do Linkedyou, ministrou o workshop “Como construir uma poderosa marca pessoal no Linkedin para fechar negócios e escalar na carreira”. Edu falou sobre 3 pilares para construir uma estratégia efetiva nessa rede social: 

 - Construção de Autoridade – ligada ao entendimento e à definição do posicionamento, deixando claro às pessoas por quais competências deseja-se ser percebido como referência, investindo na otimização do perfil.

- Crescimento da Rede, ou Networking – entendimento sobre o perfil das pessoas com as quais é importante conectar-se, ou seja, quais são os públicos de interesse, definindo a partir disso uma estratégia de aproximação com essas pessoas buscando criar conexões reais e profundas.

- Conteúdo relevante – entendimento dos conteúdos consumidos pelos públicos de interesse e análise da performance do que já foi publicado no perfil para construir um planejamento de posts e monitorar os resultados.

 Após o primeiro workshop, a Empresa Júnior de Nutrição, Ejenutri, ofereceu um brunch para proporcionar aos participantes um importante momento de networking.

 

No início da tarde, Zaira Bruna Hoffman do INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial) ministrou a palestra: “O sistema de propriedade intelectual como ferramenta para inovar”.

Em sua fala, ela destacou, por exemplo, alguns pontos necessários para registrar uma patente, como ter suficiência descritiva da invenção, já que a sociedade está concedendo um monopólio ao criador; além disso, a palestrante compartilhou os critérios adotados para analisar uma patente: Novidade, Atividade Inventiva e Aplicação Industrial, e ressaltou a importância de consultar em bases de dados quais são as invenções que já foram patenteadas.

 

Na sequência, o evento contou com a palestra “Lei do Bem e outros incentivos fiscais à Inovação e à Cultura”, de Sidirley Fabiani da PwC.

O convidado apresentou o histórico da Lei do Bem, pontuando que se trata de um mecanismo de potencialização do Gerenciamento da Inovação e do Conhecimento, baseado na Lei 11.196/2005 (Lei do Bem – Capítulo III) e no Decreto 5.798/2006, que valoriza as atividades de inovação tecnológica e melhora a competitividade das empresas por meio de significativas deduções de impostos a pagar.

Além disso, Sidirley compartilhou que para usufruir dos benefícios dessa Lei, uma empresa não necessariamente precisa fazer uma inovação disruptiva; podem ser realizadas melhorias incrementais, mas é preciso que a organização atente-se para os seguintes pontos:  Ter regime de tributação pelo lucro real;  Ter lucro no ano-base vigente; Desenvolver projetos de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação; Utilizar o incentivo no ano-base vigente.

 

Após a fala de Sidirlei, foi realizado um curso de Pitch ministrado por Carlos Gondo, da Empresa Requestia. Carlos iniciou sua fala destacando que Pitch é uma expressão em inglês que significa arremesso, e que a expressão vem de Sales Pitch, e envolve uma apresentação ou discurso de vendas com foco em persuadir o cliente, despertar interesse e dar o próximo passo em uma negociação.

Além de compartilhar conceitos ligados à temática, o convidado reforçou a importância de cuidar da confiança (falando com espontaneidade, naturalidade, engajamento e entusiasmo, demonstrando paixão pela solução, entendimento sobre os diferenciais da solução e conhecimento sobre o mercado); da linguagem corporal (postura apropriada, aparência, efetividade no uso de gestos e da expressão facial, contato visual efetivo e consistente); e do discurso (zelar pela voz adequada, variação do tom, boa enunciação, clareza, boa articulação, escolha apropriada das palavras, velocidade apropriada de fala).

 

Por fim, houve uma Roda  de Conversa com os profissionais Gabriel Silva e Camila Berteli da empresa Roche. Eles ressaltaram a preocupação da empresa em respeitar a autenticidade de cada indivíduo, e trouxeram alguns projetos realizados na organização como:

- Youth Conexion 

- Woman Experience  

- Programa Astro 

 

Além disso, os convidados destacaram que existem várias oportunidades na empresa para quem faz mestrado e doutorado, seja na área de inovação, na validação científica de produtos, na área de inovação em negócios, entre outras possibilidades, e que os processos seletivos buscam pessoas que entendam o contexto em que elas estão inseridas, tenham uma visão sistêmica, e saibam acionar conhecimentos e ferramentas para fazer o que é coerente com o contexto.

 

 

 

Abaixo, é possível conferir uma matéria da TV Unesp sobre a iniciativa. 

 

Unesp Conecta 2019 no Campus de Botucatu.

Facebook AUIN Unesp Youtube AUIN Unesp Instagram AUIN Unesp